Aerograma

Isento de Porte e de Sobretaxa Aérea

25  06 2009

Normalidade

Há dias, dei por mim numa rua esburacada, rodeado de casas construídas segundo a inspiração e materiais disponíveis na altura, contornando charcos de lama negra feita de esgotos e óleo de motor. Apercebi-me de que nada daquilo me chocava. Sempre tinha sido assim e não via razão para que mudasse. Habituei-me a Luanda e, por […]

24  06 2009

Os bébés importam-se de França

Nos dias de menos inspiração culinária (ou de maior preguiça), a churrasqueira da esquina é uma alternativa fácil e rápida. Não acrescento barata porque, afinal de contas, estamos em Angola. Especialmente ao fim-de-semana, a quantidade de frangos que vende daria bem para escoar a produção de um pequeno aviário. Acontece que não há nenhum aviário […]

23  06 2009

Grande Hotel de Luanda

Escondida atrás de tapumes altos, mesmo ao lado do Museu de Antropologia, está uma ruína. É testemunha de um tempo que já passou há muito. O Grande Hotel de Luanda simboliza o início do séc. XX e o optimismo da idade em que os mistérios do mundo estavam desvendados. Cada cidade tinha o seu Grande […]

22  06 2009

Pérola do Musseque

Luanda, a cidade dos contrastes, tem uma relação muito estranha com o seu património. Não sei se é a Luanda cidade ou a Luanda gente que o causa, mas desconfio que ambas tenham influência. Em Luanda, todos os edifícios que se atravessam no caminho do progresso têm o destino traçado com uma máquina de rastos. […]

21  06 2009

Quatrocentos, mais ou menos

Ao longo de mais de um ano, o Aerograma tem crescido em direcções inesperadas. Começou timidamente, apenas para contar e aprofundar as experiências que um novo continente diferente proporciona. Servia para manter os meus ao corrente de tudo aquilo que não conseguia dizer pelo telefone, quer fosse por me faltarem as palavras quer por ainda […]

« Página AnteriorPróxima Página »