Aerograma

Isento de Porte e de Sobretaxa Aérea

29  04 2012

Estendal de pombos

Não nutro especial simpatia por pombos, mas é um facto que estão por todo o lado e é difícil não reparar neles. Por outro lado, também não lhes tenho qualquer antipatia digna de nota, principalmente porque os cá da zona costumam pastar pacificamente no jardim, em vez de se andarem a banquetear com lixo. As pombas pastam e os pombos arrastam a asa e andam inchados de um lado para o outro, convencidos de que são pavões. Um dos nossos vizinhos é columbófilo e todas as tardes faz os bichos dar uma voltinha enquanto assobia. Talvez por isso os pombos que vemos tenham um aspecto saudável.

A ordem natural das coisas diz que o relvado é deles até que os patos do rio resolvam para lá ir. Nessa altura os patos dormitam ao Sol e os pombos ficam com um ar desconsolado nos ramos das árvores mais próximas. Nestes dias em que o relvado fica entregue aos patos sob ameaça de uma bicada valente, alguns pombos aproveitam os gradeamentos das varandas para passar o tempo. Numa casa em especial, o último andar quase parece uma exposição columbófila.

Estendal de pombos
Pombos no estendal

Mas assim que os patos voltam ao rio, é um ver se te avias, para chegar ao relvado.

Acerca do autor

1

Nascido no século passado com alma de engenheiro, partiu para Angola, de onde envia pequenos aerogramas.

Uma resposta a “Estendal de pombos”

Nota: Comentários mal-educados, insultuosos ou desenquadrados serão apagados.
  1. No relvado sempre se apanha um ou outro bichinho descuidado, que na varanda não há…. :)

Deixe uma resposta

Nota: Os comentários apenas serão publicados após aprovação. Comentários mal-educados, insultuosos ou desenquadrados serão apagados de imediato.

« - »